07/11/2019
21:00
Rivoli – Grande Auditório
Colonização, a nova como a antiga

com 

Shumon Basar

A economia de hoje é muito diferente da economia de há 20, 200 ou 500 anos atrás. Mas são os mesmos os métodos de apropriação, para enriquecimento próprio, de recursos e bens que pertencem a outros – os padrões repetem-se e a economia global dos nossos dias baseia-se na reinvenção do projeto colonial. Quais as semelhanças e diferenças entre os antigos e os novos processos de colonização?

A cientista e ativista ambiental Vandana Shiva é uma das principais figuras mundiais no combate pela sustentabilidade e biodiversidade, desafiando há várias décadas empresas multinacionais como a Monsanto e as suas políticas neoliberais na agricultura, que considera serem os principais agentes no processo de recolonização que hoje atravessamos. Considerada pela Time uma “heroína ecológica”, Shiva parte da primeira rutura a nível planetário dos processos culturais, sociais, económicos e políticos, que se iniciou com a “descoberta” da América. O que a bula papal representou para a legitimação da colonização no século XV, representam no século XXI os acordos de comércio livre; e os direitos de propriedade sobre terras roubadas são hoje os direitos de propriedade intelectual sobre conhecimentos ou sementes. Nesta conversa moderada por Shumon Basar, Vandana Shiva falará também sobre o que é “novo” neste projeto colonial: a criação de uma nova religião, baseada na ascensão dos instrumentos – tecnologia e dinheiro – que visa conquistar a nossa biodiversidade, alimentação, saúde, corpos e mentes, através de novos direitos de propriedade, dependências, impérios e ditaduras.


Tradução Simultânea