Sexta-feira
09
novembro
23:30
mala voadora
mala voadora
Performance

×

Se a “História Ocidental” nos diz que, no Renascimento, a cultura clássica serviu de referência à entrada num período de antropocentrismo, a mitologia clássica, por sua vez, é também um âmbito de miscigenação entre o humano e o não-humano. “Formas mudadas em novos corpos”. São isso as Metamorfoses de Ovídio: cerca de 250 narrativas sobre transmutações de seres humanos e sobre humanos – deuses, ninfas, sátiros, monstros – noutros seres, e também “em pedras, fontes, rios, estrelas e muitas outras coisas”, para contar a História do Mundo.


A mala voadora propõe-se tomar como referência as Metamorfoses de Ovídio e recriar a História do Mundo através de um conjunto de corpos pintados – figuras de natureza simultaneamente humana e abstrata, simultaneamente presentes e ficcionais, reconhecíveis e transcendentes. Um elogio da instabilidade das formas.

Em colaboração com mala voadora